Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 16 n. 1 (2021): ABRIL 2020

O efeito de mobbing no local de trabalho no silêncio organizacional: resultados empíricos de instituições de ensino superior

DOI
https://doi.org/10.20985/1980-5160.2021.v16n1.1704
Enviado
fevereiro 19, 2021
Publicado
maio 4, 2021

Resumo

O mobbing e o silêncio organizacional estão entre os tópicos que têm atraído a atenção no campo do comportamento organizacional. Este estudo visa investigar o efeito dos comportamentos de mobbing no silêncio organizacional no local de trabalho. Foram obtidos dados de académicos que trabalham em universidades públicas na Turquia. Como ferramenta de recolha de dados, foram utilizadas a escala de Mobbing para Académicos (MS-A) desenvolvida por Yildiz (2020) para medir o mobbing, e a escala de silêncio organizacional desenvolvida por Van Dyne et al. (2003) para medir o silêncio organizacional. Foram aplicadas análises de correlação e regressão hierárquica aos dados obtidos. As relações entre as sub-dimensões do mobbing e as sub-dimensões do silêncio organizacional foram analisadas separadamente. De acordo com os resultados da análise, os comportamentos de mobbing tiveram um efeito significativo e positivo no silêncio tolerante e nos silêncios defensivos dos académicos. Contudo, não houve um efeito significativo do mobbing no silêncio prosocial dos académicos. Estes resultados mostraram que os comportamentos de mobbing foram eficazes na emergência do silêncio organizacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.