Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir para o rodapé

Artigos

v. 16 n. 3 (2021): DEZEMBRO 2021

Indicadores de desempenho e performance em sistemas de gestão em saúde e segurança do trabalho: uma revisão sistemática de literatura

Enviado
novembro 3, 2020
Publicado
2021-12-31

Resumo

Acidentes de trabalho, lesões e doenças ainda são sérios problemas nas organizações, as taxas mostram que, apesar dos esforços para conter esses eventos, acidentes ainda estão acontecendo nas indústrias, com todos os custos implicados para as empresas. A norma ISO 45001:2018 surge no cenário internacional com o objetivo principal de prevenir os riscos ocupacionais e aqueles relacionados à saúde dentro das organizações, apostando na melhoria contínua através da padronização de um Sistema de Gestão de Saúde e Segurança no Trabalho (SGSST). A esses sistemas são atrelados resultados que geram efeitos positivos ao serem introduzidos em uma organização, impactando tanto na segurança quanto na produtividade. A presente revisão sistemática teve como objetivo definir os indicadores e os resultados referentes à implantação de SGSST através da OHSAS 18001 e ISO 45001, buscando apontar os indicadores referentes aos SGSST, categorizar tais indicadores e comparar qual SGSST opera melhor. Trata-se de uma revisão sistemática de literatura que utiliza o protocolo PRISMA (Gul, M., 2018), sendo assim, definindo um fluxo com quatro fases para a busca dos estudos selecionados a partir de sua identificação, seleção, elegibilidade até a inclusão. Nesta pesquisa, foram aplicados critérios de inclusão e exclusão em 344 artigos, restando 28 estudos que compuseram a presente revisão. Por tratar-se de uma norma relativamente nova, foram poucos os artigos revisados que avaliassem os indicadores a partir da ISO 45001. A partir da revisão realizada, foi possível constatar que os indicadores para acompanhar a performance dos SGSST devem estar alinhados às práticas da empresa, além disso, foram vistos que os resultados advindos da implantação de um SGSST estarão atrelados ao quanto a empresa envolve-se com o sistema. O persente trabalho mostra-se fundamental para o entendimento de como sistemas de gestão em saúde e segurança no trabalho devem ser acompanhados através de métricas que, por muitas vezes, já são instituídas pelas corporações.

Palavras-Chave: ISO45001:2018; Sistemas de Gestão de Saúde e Segurança no Trabalho; Indicadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.