Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 16 n. 1 (2021): ABRIL 2020

Avaliação da maturidade de um escritório de gerenciamento de projetos da Fiocruz: um caso de sucesso

DOI
https://doi.org/10.20985/1980-5160.2021.v16n1.1685
Enviado
outubro 31, 2020
Publicado
maio 4, 2021

Resumo

Destaques: Muitas empresas desenvolvem suas atividades orientadas por projetos que as ajudam a alcançar os seus objetivos. Escritórios de projetos estão sendo utilizados pelas organizações para ajudá-las a planejar, desenvolver, monitorar e corrigir eventuais desvios nos projetos que fazem parte do seu portfólio.  O gerenciamento prestado pelos escritórios pode contemplar estas etapas, suprimir alguma ou até fornecer um serviço específico conforme a necessidade da organização. A mensuração da maturidade de um escritório de projetos pode ser medida por algumas metodologias, fornecendo subsídios para avaliar a escolha do melhor caminho.

Objetivo: Avaliar a maturidade de um escritório de gerenciamento de projetos de uma organização.

Desenho/Metodologia/Abordagem: Foi utilizado o modelo do PMO Maturity Cube através da aplicação de um questionário específico que foi respondido pela gestora do escritório em estudo. Também foi indagado através de um questionário semiestruturado e diversas interações durante o período compreendido entre julho e agosto de 2020. Consultamos diversos documentos produzidos pelo escritório e por alguns stakeholders. As respostas e os documentos subsidiados pelas mesmas forneceram subsídios para a realização de análises quantitativas e qualitativas.

Resultados: O presente trabalho permitiu verificar o alinhamento entre as atividades desenvolvidas pelo Escritório de Projetos da Presidência (E­PP) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com o objetivo para o qual foi criado.

Limitações da investigação: A não utilização de outros métodos de avaliação da maturidade de um escritório de gerenciamento de projetos e a não extrapolação dos resultados para outros escritórios da Fiocruz.

Implicações práticas: Este estudo forneceu uma oportunidade de autoavaliação e reflexão por parte da gestão do escritório sobre a sua atuação, proporcionando oportunidades de melhoria.

Originalidade/valor: Análise ponto a ponto de todas as vinte e sete perguntas fornecidas pelo modelo.

Downloads

Não há dados estatísticos.