Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir para o rodapé

Artigos

v. 16 n. 2 (2021): AGOSTO 2021

Reputação corporativa, marca ética e confiança na indústria brasileira

Enviado
maio 21, 2020
Publicado
2021-08-30

Resumo

Todas as organizações dependem de sua reputação para fortalecer sua imagem e aumentar a confiança e credibilidade dos consumidores em seus produtos e/ou serviços. Neste contexto, o desenvolvimento de uma Marca Ética (ME) e de uma Reputação Corporativa (RC) continua sendo um grande desafio. Portanto, esta pesquisa tem como objetivo investigar empiricamente como a confiança afeta a ME e a RC. Este estudo utilizou dados secundários do relatório Authenticity Gap coletados online em 160 organizações brasileiras, utilizando um questionário estruturado para uma amostragem não-probabilística de 20 indústrias diferentes com 1.328 Consumidores Engajados. Diferentes referências foram utilizadas para análise: (i) o modelo de Confiança nas relações comprador-vendedor; (ii) o modelo de Marca de Reputação Ética; e (iii) o Índice de Classificação CR (MERCO). Os resultados indicaram que três das cinco dimensões do modelo de Confiança representaram bons indicadores de RC. Das 20 indústrias diferentes analisadas, três têm a melhor média, de acordo com o Ranking MERCO e os três indicadores combinados do relatório Authenticity Report. Os resultados demonstraram o papel da autenticidade, confiança e indústria como um elemento fundamental para a Marca Ética (ME) e Reputação Corporativa (RC).

Downloads

Não há dados estatísticos.