Metodologia para Análise de Maturidade de Inovações Sustentáveis

Bruna Ferreira de Souza Pereira, Luciana Gonçalves, Mariana Couto Anjos, Gilson Brito Alves Lima

Resumo


Na atualidade, as discussões sobre sustentabilidade empresarial fazem parte do contexto estratégico das organizações. Grandes empresas começaram a tratar a sustentabilidade, dentro de sua estratégia, como o motor da inovação organizacional. Dentro dessa visão, o presente artigo objetiva apresentar uma proposta de metodologia para análise de maturidade aplicada ao contexto de inovações sustentáveis nas organizações. Como opção metodológica, foi desenvolvido um estudo qualitativo, suportado por uma pesquisa tipo “survey”, que possibilitou o desenvolvimento de uma ferramenta de análise de estágios de maturidade, com foco na sustentabilidade, tendo como base os conceitos do Triple Bottom Line e dos indicadores do Global Report Initiative. Como resultado gerou-se um framework que permite às organizações o diagnóstico e respectivo posicionamento quanto ao grau de maturidade das inovações sustentáveis de seus processos, produtos ou serviços.


Palavras-chave


Sustentabilidade. Triple Bottom Line. Estágios de Maturidade. Indicadores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7177/sg.2012.V7.N3.A10

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ