Um procedimento para a estruturação do processo de auto-avaliação de cursos universitários

André Luís Policani Freitas, Emanuella Aparecida Fontan

Resumo


Nos últimos anos, o sistema brasileiro de educação superior tem vivenciado um processo de
expansão acelerada, caracterizado pelo crescente número de Instituições de Ensino
Superior (IES) e de cursos oferecidos. Neste cenário, é fundamental que o sistema
educacional de um País seja capaz de formar profissionais determinados e competentes em
suas atividades. Uma das formas de se buscar a eficiência de um sistema educacional
consiste na avaliação e monitoramento do desempenho das Instituições de Ensino sob
diversos critérios. Com o intuito de contribuir para esta questão, este artigo propõe um
procedimento para estruturação do processo de auto-avaliação de cursos universitários.
Mais especificamente, este procedimento tem como objetivo auxiliar na construção de
instrumentos de auto-avaliação que sejam capazes de captar a realidade e as
particularidades dos cursos de universitários, segundo a percepção do corpo docente, do
corpo discente e do corpo técnico-administrativo.

Palavras-chave


Universidades; Cursos universitários; Processo de auto-avaliação; Qualidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7177/sg.2008.SGV3N2A5

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ