Mentalidade enxuta: aplicação do mapeamento de fluxo de valor no processo produtivo de uma recuperadora de termoplástico

Nathalia Mina Pinto, Franck Alegre Luiz, Fernanda Kempner-Moreira

Resumo


O Mapeamento de Fluxo de Valor (MFV) é uma ferramenta considerada como ponto inicial para a manufatura enxuta, sendo responsável pela identificação dos variados tipos de desperdícios existentes em uma organização e tornando visíveis as operações que agregam valor ao produto, fornecendo a possibilidade de melhorias contínuas. Este artigo tem como objetivo analisar o processo de fabricação do polipropileno em uma indústria recuperadora de termoplásticos localizada no sul de Santa Catarina por meio do MFV, identificando as contribuições específicas geradas pela ferramenta, que evidenciam os diferentes tipos de desperdícios e melhoram o entendimento do processo por inteiro. O artigo se utilizou do método estudo de caso, fundamentado através de pesquisas bibliográficas. Os resultados demostraram que o MFV indicou algumas mudanças e, com um investimento relativamente baixo em um novo equipamento, permitirá a redução do lead time de cada tonelada produzida, redução do tempo de ciclo em dois setores, diminuição dos tempos ociosos dos operadores, redução de estoques intermediários, redução na movimentação por meio de empilhadeiras e aumento do índice OEE, trazendo grandes vantagens no processo produtivo.


Palavras-chave


Mentalidade enxuta; Mapeamento de fluxo de valor; Desperdícios



DOI: https://doi.org/10.20985/1980-5160.2019.v14n2.1533

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ